segunda-feira, 10 de abril de 2017

DICAS PARA TWITAR PROFISSIONALMENTE

 

Twitar pode ser muito divertido e, escolhendo com cuidado a quem seguir, pode ser até proveitoso, tanto no âmbito pessoal quanto no profissional. Mas quando as vivências no Twitter se tornam mais corporativas, pode ser necessário mudar um pouco o tom.
O site “PodJam.TV” publicou algumas recomendações úteis para quem quiser dar tintas mais profissionais à sua vida no Twitter.
Com relação ao marketing pessoal, a primeira dica é não ser vago e escrever algo consistente em sua biografia, mesmo que sejam poucas palavras. Usar uma logomarca em lugar de uma foto de rosto não é uma ideia execrável. Mas se insistir no rosto, que seja uma foto em close, bem focada e bem iluminada. Carranca não é obrigatória, mas nada de gargalhada ou careta maluca. Para expressar sua personalidade, defina uma imagem de fundo de tela para sua conta no Twitter, algo com visual leve e, possivelmente, contendo algum texto na área das barras laterais com informações adicionais sobre você e seu perfil profissional.
Quanto a seguir e ser seguido, nada de clicar num rompante no botão “Follow” de um seguidor seu só por reciprocidade. Analise com calma a bio da criatura e, com isso, diminuirá as chances de você começar a seguir um chato ou mesmo um spammer. Outra sugestão é organizar seus seguidores em listas com base em profissão, interesse e região geográfica, por exemplo.
Use ferramentas e utilitários para Twitter, os chamados “Twitter clients”. Para quem está começando nas twitadas profissionais, vale a pena dar uma pesquisada na variedade de clientes e passar a usar alguns em vez de twitar direto na página do microblog. Isso certamente otimizará seu tempo. Existem clientes que permitem programar twits para um certo horário, outros que encurtam links automaticamente. E tente limitar seus twits a 120 caracteres, de modo a permitir retweets com alguma folga.
No equilíbrio entre conteúdo e papo, uma boa proporção é manter 60% para informação e repasses, e 40% para conversas. Twitter é uma ótima ferramenta para aprender e manter-se atualizado, mas, na rotina profissional, é preciso também construir relacionamentos com seus seguidos e seguidores. Não é à toa que o microblog é classificado como rede social.
Sobre a temática, nada de mesmice. Informe e divirta seus seguidores, mas sem palhaçada. Compartilhe bons links informativos, mas também algo sobre música, fotos, vídeos e dicas. Isso vai exigir que você dedique algum tempo ao Twitter, já que relacionamentos demandam alguma demora.
— Se você quer que as pessoas interajam com você, é preciso estar presente — diz Marty McPadden, fundador do “PodJam.tv”. — Mas cuidado para não se tornar um spammer, especialmente nas DM (direct messages).
Evite propagandas e frivolidades via mensagens diretas. Também não é uma boa soltar DMs automáticas para seus novos seguidores. Reserve um tempinho para saudá-los um a um, agradecendo por lhe seguirem.
— Seja real no Twitter. Afinal, sua personalidade on-line deveria ser apenas uma extensão do seu ser off-line. Não finja ser quem não é — sugere Misty Belardo, gerente sênior de produção da premiada agência de publicidade Barefoot Proximity. — Importantíssimo também é saber ouvir. Não se limite a fazer broadcast sem parar.
E, para arrematar, mantenha o bom senso ligado e bem antenado. Tal como no mundo físico, mostre respeito para ser respeitado. E polidez também. “Por favor”, “obrigado” e “de nada” sempre funcionam bem em qualquer mídia, social ou não, on-line ou off-line.

Por Carlos Alberto Teixeira
Fonte O Globo Online