sábado, 31 de dezembro de 2016

QUE TOM VOCÊ VESTE?

Pelo conceito do Feng Shui, cada tom pode evidenciar determinadas qualidades ou sentimentos também no ambiente de trabalho

Você já se deu conta das cores que predominam no seu guarda-roupa? E, para trabalhar, costuma usar cores fortes, fazer combinações extravagantes ou prefere apostar nos tons neutros? Segundo Patricia Traversa, diretora do Centro Oficial de Feng Shui Professional, da Argentina, e autora do livro "Mude sua vida com Feng Shui", na hora de escolher o que usar, devemos lembrar que a maneira como nos vestimos está relacionada, na maior parte do tempo, com o estado interno de nossa energia.
“Talvez não nos demos conta de que o que nos guia ao escolher os tons da roupa é o estado no nosso inconsciente, muito mais do que considerações mais racionais”, afirma.
Em artigo publicado no site do jornal El Clarín, Patricia conta que conheceu uma assistente executiva que sempre usava cores escuras no escritório, pois achava mais adequadas ao ambiente de formalidade de seu trabalho. Ao lhe explicar que roupas nas cores preta e azul marinho poderiam trazer melancolia, ela percebeu que muitas vezes se sentia sozinha e triste. Segundo Patricia, no dia a dia, seja no trabalho ou fora deles, seguindo os conceitos do Feng Shui, podemos lançar mão das cores de acordo com o estado de espírito que queremos evidenciar ou modificar.
A especialista explica que, para o Feng Shui, as cores são uma forma de representar a energia dos cinco elementos — fogo, terra, metal, água e madeira — e suas qualidades. Tanto o meio ambiente e roupas, o seu uso está ligado à obtenção de um balanço de energia, alcançar a harmonia entre Yin e Yang e favorecer o desenvolvimento de certas atividades, o bem-estar geral e na realização de objetivos.
“Seguindo os critérios do Feng Shui, é possível escolher os itens mais favoráveis ​​para diferentes situações ao longo de sua vida pessoal e profissional. O que você deve considerar é o tipo de energia que ativam seus efeitos sobre seu humor e as outras pessoas”, ressalta Patricia.
Patricia fez uma relação de cores e das sensações que queremos ressaltar no ambiente de trabalho ao usá-las. Confira abaixo:

VERMELHO: Elemento Fogo
As culturas que se desenvolvem em climas frios tendem a usar vermelho para ter a sensação de calor e vitalidade. Energia do Fogo é expansiva, então, quando usamos os tons tintos ampliamos nossa presença e chamamos a atenção. O uso desta cor espalha a sensação de poder e de confiança. No trabalho, use-o em pequenas doses, pois induz os outros a tomar decisões rápidas e instintivas, até mesmo agressivos. Podemos usar roupas nos tons de vermelho quando queremos nos tornar a ‘’alma’’ do negócio ou dominar o ambiente. Devemos evitar a cor quando sabemos que iremos enfrentar uma situação de conflito.

VERDE: Elemento Madeira
Esta cor sugere crescimento, novas ideias e originalidade, por isso o ideal é usar esta cor nas áreas onde essas qualidades são valorizadas. No entanto, deve evitá-la quando precisa projetar uma imagem de força, estabilidade ou maturidade. O verde é a cor ideal para educadores que trabalham com crianças, artistas ou para profissionais da área de saúde. Mas deve ser evitado em atividades formais ou na hora de assinar um contrato, por exemplo.

PRATA / BRANCO: Elemento metal
Quando precisamos adicionar peso ou representar o valor intrínseco de uma coisa, nós geralmente nos voltamos para os metais, já que representam um estado da matéria de alta densidade. Essa energia pode aparecer no seu guarda-roupa com roupas e acessórios brancos ou brilhantes. Projeta uma imagem limpa, induzindo no outro um comportamento cuidadoso, protocolar e educado para com sua pessoa. É a cor ideal para ser usada em uma reunião muito formal ou na hora de prestar um exame.

PRETO: Elemento Água
O preto é uma a cor coringa, vai com tudo, sempre tem um aspecto elegante, mesmo quando o tecido não é tão nobre assim. Visualmente, esconde imperfeições. O preto absorve tudo, é misterioso e induz os outros a nos explorar, mostra que você quer que os outros se aproximem, se exponham e descubram seu mundo interior. Se deseja gerar um nível de comunicação dinâmica, franca e aberta, é melhor pensar em outra opção. È uma boa cor para um primeiro encontro e para tarefas que exigem concentração, mas não a ideal para ser usada numa entrevista de emprego, para vender um serviço ou projeto.

AZUL: Elemento Água
A cor azul é associada ao mar, ao céu e à noite. Está ligada com o inconsciente e traz reflexão, mas em excesso pode ativar estados de solidão. O azul claro gera tranquilidade, frescor, discernimento e sabedoria. O vestido em tons de azul dá uma sensação de seriedade. De usar roupas em tom de azul quando quer mostrar que é responsável e formal.

AMARELO: Elemento Terra
Os amarelos, marrons e tons naturais são muitas vezes utilizados em climas frios para transmitir calor e bem-estar. Descartando o amarelo brilhante, os demais tons tranquilizam, expressam estabilidade, solidez e apego à tradição. Eles são mais adequados se você precisa projetar uma imagem conservadora e familiar. Mas deve-se evitá-los em situações que exijam o dinamismo e inovação. Deve utilizar roupas e acessórios em tons terrosos para assinar contratos, fazer investimentos e vender seguros. E evitar esses tons quando quiser sair da rotina, competir e se sobressair.

Fonte O Globo Online