segunda-feira, 20 de março de 2017

SUCESSO NOS CONCURSOS: FOCO EM UMA ÁREA É FUNDAMENTAL

Mesmo que muitos concursos estejam com inscrições abertas, não é recomendado participar de todos

Mesmo que muitos concursos estejam com inscrições abertas, não é recomendado participar de todos. Isso porque o candidato tem resultados melhores quando se concentra em uma única área ou entidade. Dessa forma, o estudo é mais direcionado e se aprende mais.
O conselho é escolher uma única área. Assim, o candidato reduz a quantidade de disciplinas que estuda para cada concurso, já que muitas delas podem ser aproveitadas para os outros certames. Uma dica fundamental é sempre resolver questões de provas anteriores, pois isso solidifica a massa de conteúdo teórico e será muito mais fácil de assimilar as matérias estudadas. A recomendação é: aprendeu um tópico novo, faça mais questões!
O ideal é que o interessado na carreira pública escolha uma área e não apenas um concurso ou inscreva-se em todos os que aparecem. Não é indicado porque existem cargos que possuem muitas disciplinas em comum, mesmo sendo de órgãos ou entidades diferentes.
Como exemplo, temos a área fiscal, que além de posições como auditor e analista da Receita Federal, existem: o auditor fiscal do trabalho, o fiscal do ICMS de cada um dos estados e o fiscal do ISS em cada um dos municípios. Essa área possui em torno de 70% de conhecimentos comuns e servem a todos os concursos.
Assim, com a proximidade de cada edital, o candidato pode se dedicar com mais calma às disciplinas específicas para o certame . Ele tem, também, mais tempo para se preparar para uma grande quantidade de oportunidades por ano, dependendo do salário e da disposição para se deslocar para outras regiões.
O mesmo vale para as áreas de tribunais , de segurança pública (Polícia Federal, Polícia Civil, Abin, Degase, Depen e secretarias estaduais de administração penitenciária), financeira (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES, entre outros), ambiental (Ibama, ICMBIo, além das secretarias estaduais e municipais).
Apontando para as áreas, o candidato reduz a quantidade de disciplinas que estuda para cada concurso já que muitas delas podem ser aproveitadas para os outros certames. Agora, uma coisa que é fundamental é sempre resolver questões de provas anteriores, pois isso solidifica a massa de conteúdo teórico na sua cabeça e será muito mais fácil de assimilar as matérias. É o que sempre aconselho, aprendeu um tópico novo, faça questões! Então, escolha a sua área e mãos à obra! Bons estudos.

Por Cláudia Jones
Fonte O Dia Online