sábado, 29 de julho de 2017

DIABETES TIPO 2 DIETA - CARDÁPIO COMBATER E REVERTE DIABETES TIPO 2


Pessoas com problemas de saúde como diabetes tipo 2 devem seguir uma dieta restritiva evitando certos tipos de alimentos. Hoje em dia com na correria em que vivemos, nem todos conseguem fazer uma boa refeição. Essa rotina agitada tem sido apontada por muitas pessoas como justificativa pelo agravamento da diabetes ou até o surgimento dela.

Sabe o que causa a Diabetes tipo 2 - Foi diagnosticado como portador de Diabetes tipo 2
Muitas pessoas não sabem mais a causa da diabetes é um problema com o processo de produção ou mesmo de consumo de insulina no organismo. Por sua vez a insulina é vital para levar o açúcar do sangue até às células, onde ficam armazenadas após este processo é utilizado para gerar energia.
Quando se tem diabetes tipo 2, as células de gordura, as células dos músculos e as células do fígado não respondem corretamente à insulina. Isso é conhecido como resistência à insulina. Com isso o açúcar do sangue não entra nessas células para ser armazenado e transformação de energia.
Quando o açúcar não entra nas células, fornece altos níveis de açúcar no sangue. Todo esse processo é chamado de hiperglicemia.
Quando você está tentando equilibrar o açúcar no sangue, é importante comer alimentos que possam ajudar você neste propósito. Na verdade, muitas pessoas não sabem ou mesmo não tem acesso a este tipo de informação mais é surpreendente como existem dezenas de alimentos que podem ajudar você a controlar a Diabetes tipo 2.

1. Maçãs: Como já se ouviu falar por ai, comer uma maçã por dia pode ser apenas o suficiente para se mantiver longe do hospital a média prazo. Quando se trata de combater diabetes tipo 2, a maçã é super indicada e pode ser comida em qualquer horário do dia ou noite. Independentemente de qual o tipo de maçã escolher, você poderá obter os mesmos benefícios para sua saúde, incluindo a casca que é saudável. Cascas de maçã contém quercetina, um flavonóide que reduz diabetes devido ao seu efeito antioxidante.

2. Espargos: Embora seja um membro da família do lírio, a parte comestível da planta de aspargos é realmente um broto que aparece no subsolo. Espargos fazem parte da lista de alimentos para diabetes, pois é uma excelente fonte de glutationa, um composto antioxidante que pode ajudar a manter o nível de açúcar no sangue estável.

3. Feijão: Não só ele é ótimo para o coração, mas esses membros da família das leguminosas também contêm diferentes fitonutrientes que podem ajudar a gerenciar sua batalha contra a diabetes. Apesar de o feijão ser uma escolha mais saudável, você deve comer ele na forma tradicional, ou seja, cozinhar e depois comer.

4. Brócolis: Brócolis também é uma excelente fonte de quercetina. Existem vários tipos mais todos são ótimo para ajudar no combate da diabetes tipo 2.

5. Cenouras: Cenoura é cheia de carotenóides, composto antioxidante que pode ajudar a proteger o coração e equilibrar os níveis de insulina.

6. Peixes: Mesmo se você não gosta do sabor do peixe, talvez os benefícios de saúde vai ajudar você pelo menos comer uma porção a cada 15 dias já que não é novidade pra ninguém que este alimento é rico em ômega 3 que ajudar a proteger o coração, mas os ácidos graxos ômega-3 também pode ajudar a equilibrar o açúcar no sangue. Ótimo pra quem esta tentando tratar a diabetes tipo 2.

7. Nozes: Apesar de serem cultivadas há mais de 12.000 anos, nozes ainda é um dos alimentos mais ricos para combater a diabetes. Pois tem mineral e gorduras saudáveis, incorporando porções de nozes em suas refeições você pode ajudar a proteger o coração e equilibrar o açúcar no sangue.

8. Laranja: Uma fruta cítrica com baixa classificação no índice glicêmico. Laranjas também é uma fonte de fitonutrientes que podem ajudar você a combater a diabetes, incluindo flavonóides, carotenóides, terpines, pectinas e glutationa.

9. Soja: A soja fornece fitoestrogênios, isoflavonas e saponinas que podem ajudar a equilibrar o açúcar no sangue.

Principais sintomas de Diabetes tipo 2
·  Fadiga
·  Fome
·  Aumento da sede
·  Aumento do volume da urina

O primeiro sintoma também pode ser:
·  Visão turva
·  Disfunção erétil
·  Dor ou dormência nas mãos ou pés

Preparamos um cardápio de dieta para diabético, prática e rápida de fazer, evitando muitos carboidratos e doces, mas sem abrir mão de uma alimentação saborosa e nutriente. Confira:

Café da manhã
Opção 1: 1 fatia de pão light com cream cheese + 1 copo de leite desnatado.
Opção 2: 1 mamão papaia + 1 xícara de café com leite desnatado.
Opção 3: 1 torrada integral light + 200 ml de suco de melancia com adoçante.
Opção 4: 1 fatia de pão light com ricota + 300 ml de suco verde (laranja, cenoura e folha de couve).

Lanche da manhã
Opção 1: 1 maçã.
Opção 2: 1 mexerica.
Opção 3: 1 cacho de uvas.
Opção 4: 1 fatia de melão.

Almoço
Opção 1: 3 col. (sopa) de brócolis no vapor + 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 omelete de atum sem óleo.
Opção 2: 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de peixe grelhado + 2 col. (sopa) de cenoura no vapor + salada de alface e rúcula.
Opção 3: 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de frango grelhado + 1 concha de feijão + salada de agrião com rodelas de tomate temperadas com azeite.
Opção 4: 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de carne magra grelhada + 2 col. (sopa) de grão de bico + salada acelga com cogumelos.

Lanche da tarde
Opção 1: 1 fatia de queijo branco.
Opção 2: 1 copo de iogurte desnatado.
Opção 3: 1 barra de cereal sem açúcar.
Opção 4: 200 ml de suco de morango + 1 torrada light.

Jantar
Opção 1: 1 prato de salada verde+ 1 prato fundo de canja de galinha s/ pele.
Opção 2: 1 Temaki de salmão com cream cheese e salada de alface e tomate à vontade.
Opção 3: 1 omelete sem óleo com recheio de ricota + 1 prato fundo de sopa de legumes sem macarrão.
Opção 4: 1 panqueca com recheio de brócolis e queijo cottage + 1 col. (sopa) de vegetais grelhados.

Ceia
Opção 1: 200 ml de cappuccino light.
Opção 2: 200 ml de café com leite desnatado.
Opção 3: 1 pote de coalhada com adoçante.
Opção 4: 1 cacho de uvas.

Por Michael Oliveira