sábado, 22 de abril de 2017

DOENÇAS OCULARES: CONHEÇA AS PRINCIPAIS E VEJA COMO PREVENIR E TRATAR


Você sabia que as mulheres são mais propensas a terem doenças oculares do que os homens?. Entre as patologias mais recorrentes, estão a catarata, degeneração macular e retinopatia diabética, mas há outras ainda mais prevalentes entre o público feminino.
De acordo com o cirurgião oftalmologista, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo, Renato Neves, nos Estados Unidos, por exemplo, a síndrome do olho seco acomete cinco milhões de pessoas com mais de 50 anos. Desse total, três milhões são mulheres. Glaucoma e catarata são doenças que podem comprometer a visão das pessoas.

Hormônios e as doenças oculares
A síndrome do olho seco, uma das doenças mais recorrentes, de acordo com Renato, costuma acometer duas ou três vezes mais mulheres do que homens no Brasil.
“Uma das causas da falta de lubrificação dos olhos são as alterações hormonais provenientes da menopausa. Aos 60 anos, a produção de lágrimas de uma mulher cai pela metade em relação a seus 20 anos”, diz.
Alterações hormonais durante a gravidez também podem ter como desdobramento alguns problemas de visão. “São quatro as principais doenças oculares que podem ocorrer durante a gravidez: olho seco, visão embaçada, desdobramentos da pré-eclâmpsia, e desdobramentos do diabetes gestacional”, diz Neves.

Prevenção das doenças oculares
Independente de atingir mais mulheres, as doenças oculares devem ser encaradas por toda a população. As visitas regulares ao oftalmologista ainda são a melhor forma de detectar precocemente as doenças oculares.


doenças oculares
Algumas delas são silenciosas e somente a análise detalhada do médico é capaz de identificá-las, como explica o oftalmologista Richard Yudi Hida.
“Os olhos são compostos por estruturas frágeis e exigem cuidados frequentes para que se tenha uma boa visão. Com a realização do exame oftalmológico de rotina, é possível detectar doenças no início, evitando que possíveis problemas se agravem e evoluam, podendo até levar o paciente à cegueira”, alerta o especialista.

Doenças diagnosticadas precocemente
Veja uma relação de doenças oculares que podem ser diagnosticadas precocemente e como podem ser tratadas:

1. Ambliopia
Conhecida como “olho preguiçoso”, é uma “falha” no desenvolvimento do potencial máximo de visão. O desenvolvimento da visão em humanos se inicia no nascimento e vai até aproximadamente sete anos de idade. O tratamento é a oclusão de um dos olhos a critério médico.

2. Estrabismo
A criança pode nascer estrábica ou desenvolver a doença após o nascimento. O tratamento consiste em uso de oclusão, óculos e até a cirurgia.

3. Glaucoma
Doença de origem hereditária e causada pela elevação da pressão intraocular, provoca lesões no nervo óptico de forma silenciosa e lenta. Essa doença é considerada traiçoeira devido à perda da visão periférica de forma lenta, progressiva e assintomática. O tratamento consiste basicamente no uso de colírios.

4. Degeneração macular relacionada à idade
Considerada uma das principais causas de cegueira irreversível em pessoas com mais de 50 anos de idade, é uma doença que acomete a área central da retina, chamada de mácula. A mácula é responsável pela visão central e de detalhes. O tratamento varia de acordo com a forma de desenvolvimento da doença e do estágio.

5. Catarata
É a maior causa de cegueira reversível no mundo. A doença, na maioria dos casos, é relacionada com o envelhecimento natural dos olhos que provoca uma opacidade do cristalino. O tratamento é cirúrgico e consiste em remover a catarata e implantar uma lente intraocular.

Por Hector Garcia
Fonte Terra - Doutíssima