quarta-feira, 18 de julho de 2018

VAZAMENTO E INFILTRAÇÃO NO CONDOMÍNIO

Existem dois tipos de redes de encanamento nos condomínios, a vertical e a horizontal

A rede vertical (prumadas ou coluna central) localiza-se na área comum do condomínio, sendo de uso geral dos condôminos.
Havendo danos ou vazamentos oriundos dessa rede, a responsabilidade pelo conserto e a indenização pelos prejuízos causados será de responsabilidade do condomínio.
Mesmo que haja necessidade de realizar obras dentro de alguma unidade autônoma do condomínio, para corrigir problemas originados na rede geral, será de responsabilidade do condomínio os reparos devidos, e a devolução do apartamento do condômino nas condições anteriores.
Já a rede horizontal (canos ramais) que ligam a coluna do condomínio à unidade, e outros equipamentos de uso exclusivo e individualizado, como é exemplo o vaso sanitário e a válvula hidra, será de responsabilidade do condômino proprietário da respectiva unidade.
A primeira providência a ser tomada, é solicitar que um profissional defina a origem do problema. Este profissional fará um laudo, que definirá qual o problema, de quem é a responsabilidade e apontará a solução.
A responsabilidade do condomínio é sempre pelo bem comum, exceto, quando o problema entre unidades se tornar um problema coletivo ou quando a origem do problema não é de fácil identificação.
A manutenção e a troca de colunas precisam ser realizadas e programadas com a periodicidade necessária. Indício desta necessidade é quando a água começa a apresentar ferrugem, o que é sinal de corrosão no tubo galvanizado e pode inclusive apresentar risco a saúde.
No caso do condômino ser o responsável por danos no apartamento do vizinho, e não realizar o reparo, o condômino prejudicado poderá buscar o judiciário, visando o reparo e o ressarcimento do prejuízo. Vale lembrar que, antes do ingresso com a medida judicial deve-se notificar a unidade informando a situação.
           
Por Mayara Silva
Fonte JusBrasil Notícias