terça-feira, 1 de agosto de 2017

PASSATEMPOS QUE DESENVOLVEM ATENÇÃO, FOCO E RACIOCÍNIO LÓGICO

Especialistas apontam atividades para estimular o cérebro e ajudar a aumentar o rendimento dos estudantes

Estudar e rever conteúdos, ler sobre atualidades, escrever redações, fazer exercícios e simulados. Não é fácil o dia a dia de quem se prepara para concursos. Mas essa verdadeira maratona pode ser menos pesada se o candidato inserir passatempos divertidos na rotina.
Além de relaxar, xadrez, sudoku, palavras cruzadas e atividades similares ajudam no desenvolvimento da atenção, memória, foco, raciocínio lógico, entre outras habilidades.
Para estimular o cérebro e aumentar o rendimento dos estudantes, especialistas indicam criar pequenos hábitos e passatempos e assim conseguir sobressair. De acordo com Lissandra de Oliveira, especialista em leitura dinâmica e responsável pelo Instituto de Otimização da Mente (IOM), a simples atividade de escrever à mão, principalmente cartas e diários, pode ser benéfica.
— Nesta atividade treinamos a escrita e o resumo, desenvolvendo a capacidade de síntese. Sem falar na terapia que é desabafar e refletir sobre os fatos marcantes do dia. É uma forma excelente de treinar a memória e sair do piloto automático, valorizando o que aconteceu no dia. Quando escrevemos, normalmente somos mais cuidadosos, escolhemos melhor as palavras, o que exige uma concentração maior no ato de se comunicar — afirma a especialista.
Ainda de acordo com Lissandra, ler em ambientes barulhentos durante vinte e um dias seguidos é positivo para melhorar a concentração.
Coloque samba, rock, televisão ligada, tudo o que mais lhe incomoda e leia por 20 minutos no primeiro dia, depois acrescente mais cinco minutos de leitura diariamente. Muitas pessoas só conseguem estudar no silêncio, algumas usam até borrachinhas nos ouvidos, mas vivemos num mundo barulhento e o ideal é treinar. No início tudo irá incomodar e o cérebro reclamará bastante, mas o condicionaremos através da repetição do novo comportamento e nos libertaremos dos estímulos externos na hora do estudo e da leitura. É um ótimo exercício — garante.
Para Paula Emerick, presidente executiva e psicóloga do Instituto de Saúde Solace, a prática de passatempos é um completo estímulo à imaginação. Segundo ela, para saber se um jogo é de fato um material pedagógico, é importante identificar se ele irá provocar uma aprendizagem significativa, se estimula a construção de um novo conhecimento e, principalmente, se desperta o desenvolvimento de uma capacidade cognitiva.
Veja alguns dos passatempos mais indicados para melhorar a resistência física e mental dos estudantes, que ajudam a desenvolver as habilidades:
        
1) Jogo de Palavras: raciocínio mais veloz e vocabulário mais extenso a criatividade é bastante estimulada.
· Interpretação de textos
· Fluência verbal
· Percepção visual
· Atenção e Memória
· Raciocínio espacial
· Vocabulário e Criatividade

2) Sudoku: ajuda a desenvolver o planejamento, agilidade e raciocínio lógico e matemático.
· Raciocínio lógico
· Raciocínio matemático
· Planejamento
· Desenvolve a agilidade
· Habilidade de manter o foco

3) Xadrez: é considerado um excelente exercício para estimular o cérebro e ajuda a melhorar  o rendimento e o planejamento de estudo.
· Planejamento
· Capacidade de análise
· Tomada de decisão
· Gestão do tempo
· Controle de ansiedade
· Concentração

4) Dançar: alivia tensões e desenvolve o condicionamento físico dos estudantes para aguentar longas horas de prova
· Promove descanso
· Ajuda na consolidação da memória
· Alívio da tensão
· Reflexo motor
· Desenvolve a habilidade social
· Autoconfiança

5) Palavra Cruzada
· Exercita a memória de longa duração
· Cria novo vocabulário
· Estimulação neuronal
· Agiliza o raciocínio
· Atenção focada

6) Colorir: melhora o controle motor e a organização, sendo indicado para estudantes que estão se preparando para concursos.
· Reduz a ansiedade
· Capacidade de abstração
· Controle motor
· Trabalha a organização

Por Universidde Veiga e Almeida
Fonte O Globo Online