quinta-feira, 4 de maio de 2017

A ESPECIALIZAÇÃO EM SETORES DE MERCADO: UMA TENDÊNCIA DO MERCADO JURÍDICO


A grande maioria das bancas que atendem as empresas globalmente em suas demandas diárias, comumente oferecem um leque obrigatório de áreas do direito comuns às atividades empresariais. Áreas como tributário, trabalhista, societário e contencioso são lugar comum para escritórios “full service” que atendem clientes corporativos.
Contudo, com a especificidade dos mercados em que atuam esses clientes, o aumento da concorrência e principalmente devido ao surgimento das agências regulatórias governamentais, que a cada dia editam legislações e normas específicas para setores da economia, surgiu a necessidade cada vez mais comum aos escritórios de oferecer um outro tipo de serviço: a especialidade por área de negócio do cliente.
Os clientes passaram a buscar o profissional que além de ser especialista em uma área corporativa do direito, também seja capaz de identificar problemas e entender profundamente o seu setor de atuação, seus concorrentes e as especificidades legais desse mercado. Assim, o operador de planos de saúde por exemplo, passa a selecionar as bancas que defenderão seus interesses não somente pela sua especialização em direito do consumidor, por exemplo, mas que também entenda sobre a questão regulatória dos planos de saúde no Brasil.
Estamos diante de um novo momento da advocacia: a super especialização do advogado, que além de sua área original de atuação, será um verdadeiro consultor do cliente em seu setor, estando ao par não somente de toda legislação e regulamentação ligadas ao mercado onde o mesmo atua, mas também ciente de toda a movimentação e de todas as implicações que possas afetar o dia a dia da empresa.
As empresas atualmente, tendem a procurar um profissional com uma visão macro do universo corporativo em que está inserido, que consiga relacionar diversos elementos que integram a empresa, desde seus recursos humanos até os aspectos de logística, oferecendo soluções viáveis e profiláticas ao seu cliente.
Assim ao invés do tradicional cardápio de áreas de atuação que encontramos nos materiais de divulgação dos escritórios, teremos cada vez mais a presença dos setores de mercado em que aquela banca atua com destaque.

Por DCMS ESTRATÉGIA JURÍDICA