sábado, 6 de maio de 2017

CASTRAÇÃO DE GATOS: 6 MOTIVOS PARA REALIZAR A CIRURGIA


A castração de gatos pode até parecer cruel à primeira vista, mas a verdade é que decidir pela cirurgia mostra o quanto você ama o animal, e não somente por conta do benefício à saúde do seu bichano, mas também por outros motivos igualmente relevantes. Entenda por que é tão importante realizar essa cirurgia.

Diminuição da agressividade
A castração é o procedimento em que os órgãos de reprodução do felino são removidos. Dos machos são retirados os testículos, e das fêmeas, o útero e os ovários. Uma vez que o procedimento é realizado, a produção de hormônios sexuais é interrompida.
Essa interrupção implica diretamente em algumas mudanças no comportamento dos animais, e a mais aparente delas é a diminuição da agressividade e do territorialismo.
Isso significa, basicamente, que seu bichano não irá sentir a necessidade de demarcar território com urina, nem morder e arranhar outros gatos ou pessoas. Ele ficará mais manso e a interação será de melhor qualidade.

Prevenção de gravidez indesejada
Esse é o mais óbvio dos benefícios, principalmente levando em conta o fato de que os gatinhos são muito férteis e se reproduzem com velocidade, gerando até quatro ninhadas por ano.
Se você tem somente gatos machos e não se preocupa com isso, lembre-se de que seu gatinho pode engravidar fêmeas, e isso faz com que você seja indiretamente responsável pelo grande número de gatos abandonados nas ruas. Triste, não?!

Eliminação da sujeira
Quem tem gata em casa sabe que a época do cio é um inconveniente por conta da sujeira que o sangramento causa. Ainda mais se a gata tem o costume de subir em móveis como sofá ou cama, por exemplo.
A castração elimina esse problema de uma vez por todas, já que sem os órgãos reprodutores, não haverá mais cio.

Redução de doenças
Os gatos não castrados correm um risco maior de desenvolver doenças como o câncer: nas fêmeas, os tumores de mama, e nos machos, de próstata. A castração, no entanto, ajuda a diminuir esse risco em até 60%.
Isso sem falar que o risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis cai para zero, já que o felino não sentirá mais a necessidade de copular (a cópula entre os gatos só ocorre com a finalidade de reprodução). As fêmeas também se veem livres de infecções uterinas.

Desenvolvimento de um comportamento caseiro
Outra mudança comportamental que os tutores percebem após a castração é a diminuição da vontade que o gato tem de sair de casa. Isso porque o lado caseiro do bichano é despertado.
O fato de ele não se interessar mais em perambular pela vizinhança já é um benefício em si, pois o animal fica menos exposto à hostilidade das ruas. Além disso, os miados altos que todo dono de gato conhece também vão diminuir, já que ele não vai mais pedir para sair como antes.

Aumento na expectativa de vida
Com menos vontade de sair, menos agressividade e menor propensão a desenvolver doenças, é claro que a expectativa de vida do seu pet aumenta muito.
Só é importante ter em mente que a castração de gatos faz com que eles desenvolvam um apetite maior e gastem menos calorias, logo, é bom tomar cuidado com problemas como obesidade e as doenças relacionadas e ela. É importante checar com o veterinário qual é a melhor ração para o seu gato e a quantidade que ele pode comer.
Já está convencido de que a castração é a melhor opção para o seu animal? Então compartilhe esse artigo com seus amigos nas redes sociais e mostre para eles por que castrar é um ato de amor.

Por Agência de Notícias de Direitos Animais - ANDA
Fonte Blog Areia de Gato