segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

POUPAR DINHEIRO NÃO PRECISA SER UMA META DISTANTE. VEJA COMO FAZER ISSO DE FORMA SIMPLES

Qualquer sonho financeiro depende apenas de um único passo: poupar

No entanto, essa pequena palavra é capaz de despertar dúvidas e, pior, um sentimento de impotência, sobretudo para quem se acostumou a gastar mais do que tem. A boa notícia é que é possível reverter o quadro. Veja como:

A primeira dica é: tenha certeza de nunca gastar o dinheiro reservado para o futuro. Você pode fazer isso colocando-o numa conta poupança, por exemplo. Separada a quantia, você elimina o estresse de não saber quanto pode gastar consigo mesmo naquele mês. Basicamente, você só vai gastar o que tem.
Empréstimos são inevitáveis para quem não é rico e não pode, por exemplo, comprar uma casa à vista. Sendo assim, tente sempre juntar a maior quantia inicial (antes de financiar um bem), pois assim os juros serão menores e você ficará endividado por menos tempo. Saiba que dívidas que representem entre 10% e 20% de sua renda bruta são saudáveis. Acima disso despertam preocupação.

Motive-se a cada dia criando prazos para seus objetivos. Por exemplo, uma grande viagem daqui a um ano. Ficará mais fácil abrir mão de um jantar caro se você tiver esse sonho de curto prazo em mente.

Lembre-se: nada disso dará certo se você não mantiver o controle dos gastos. Para isso, crie um orçamento e acompanhe seu progresso a cada mês, sabendo exatamente quanto dinheiro entra, quanto dinheiro sai e para onde essa quantia vai. A partir daí, você também poderá fazer ajustes nos seus gastos. Existem diversos apps que podem ajudá-lo nessa tarefa, e vários são grátis.

Tenha cuidado com os gastos fixos. De acordo com o professor Samy Dana, da Fundação Getúlio Vargas, despesas como supermercado, escola, condomínio, plano de saúde, TV a cabo, etc. devem estar limitadas a 50% da renda. Se estiverem muito acima disso, é um sinal de que é necessário mudar o padrão de vida, de modo que ele caiba no orçamento.
Por fim, saiba que vale a pena guardar qualquer quantia. Muitas pessoas não começam a poupar porque acham que não conseguirão separar 10% da renda logo de cara, mas a verdade é que a regularidade é mais importante do que o valor, pelo menos inicialmente. Comece a poupar aos poucos e veja a diferença que isso faz. Ficará mais fácil poupar mais com o passar do tempo e alcançar o percentual recomendado pelos especialistas para ter uma garantia em momentos de necessidade.

Fonte Blog da Seguros