segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

QUER SER FELIZ? VEJA 8 PROMESSAS QUE VOCÊ DEVE FAZER

Aceitar suas imperfeições e sempre fazer o seu melhor fazem parte da lista

Para construir autoconfiança é preciso comprometer-se a se tratar com a mesma bondade que demonstra às outras pessoas, segundo a especialista em felicidade Dominique Bertolucci. A autocompaixão é “a chave para se sentir bem sobre quem você é e a vida que você vive”, escreveu a especialista em seu novo livro The Kindness Pact (em tradução livre, O Pacto da Bondade ).
Para ajudá-la a se lembrar de ser boa consigo mesma, a obra lista oito promessas básicas, apresentadas no site da revista Health, que você deve cumprir para acalmar inseguranças e construir coragem. Confira:

Aceite suas imperfeições: “sou perfeitamente imperfeita”
Não existe perfeição e, mesmo assim, muitas pessoas se esgotam e acabam com a confiança em si mesmas na busca por ela. Quando você aceita suas imperfeições, reconhece que tem pontos fortes e fracos. Percebe que, como todos os outros, tem muitas qualidades positivas, mas também tem algumas não tão positivas assim, e isso é bom.
Depois de ter dado adeus ao fardo do perfeccionismo e de aceitar as suas imperfeições, está livre para usar suas qualidades positivas em sua plenitude. Também pode decidir qual dos pontos menos agradáveis de sua personalidade trabalhar para buscar melhorias.

Sempre faça o seu melhor: “sempre faço o meu melhor e o meu melhor é sempre bom o suficiente”
Quando você define metas impossíveis, em que não há chances reais de conseguir, está se preparando para o fracasso. Mas quando promete fazer sempre o melhor que é capaz, tem expectativas muito mais realistas de si mesma e sua autoestima não será mais dependente de resultados. Assim, você se sente bem sobre quem é, independentemente do que tem ou do que foi capaz de alcançar.
Quando realmente acredita que seu melhor é bom o suficiente, pode aceitar que está vivendo um dia ruim, sem que isso afete a maneira como você se sente sobre si mesma.

Acredite em seu potencial: “espero que a minha vida seja feliz e gratificante”
Preocupação é um grande desperdício de energia e também envia uma mensagem clara para o seu subconsciente sobre suas expectativas na vida. Em vez de se preocupar com coisas que poderiam nem acontecer, quando acredita no seu potencial, é capaz de concentrar sua atenção e seus esforços em fazer as coisas que você quer na sua realidade.
A ideia não é fingir que coisas negativas não acontecem, mas uma vez que reconhecer seus medos ou seu pior cenário, você é capaz de colocá-los de lado e continuar em direção ao futuro feliz e gratificante que sabe que merece.

Pare de se comparar: “não tenho necessidade de me ver como mais ou menos do que ninguém”
Comparar-se aos outros não é um bom caminho. Mesmo que você esteja pensando que é melhor ou superior a alguém, de alguma forma isso só vai dar a sua autoestima um impulso de curto prazo. Quando parar de se comparar com os outros, a única pessoa a quem vai precisar impressionar é a você mesmo. Você será capaz de abastecer a sua confiança a partir de dentro e deixará de ser afetada por qualquer coisa que alguém disse, fez ou tem.

Silencie o crítico interno: “só acolho pensamentos que me apoiam e incentivam”
Pense em você como a guardiã da sua autoestima. A maneira como você fala com você mesma tem uma grande influência sobre como você se sente. Se fala de forma dura, crítica ou com menosprezo, sua confiança vai definhar. Mas, caso você silencie o crítico interior, nunca falando com você mesma mais duramente do que faria com uma criança pequena, vai nutrir a sua confiança e permitir que a autoestima floresça.

Desafie-se: “sou corajoso e disposto a sair da minha zona de conforto”
Confiança é como os músculos, que você precisa exercitar se quiser que fiquem fortes. Uma das melhores maneiras de construir confiança é pisar fora de sua zona de conforto. Quando você se desafia, está dizendo a seu subconsciente que acredita em si mesma e que está disposta a viver novas circunstâncias e situações. Independentemente de como se sente ao fazer algo novo, você sempre vai se sentir bem por ter feito isso.

Pare de dar desculpas: “assumo total responsabilidade por quem sou e a vida que levo”
Ninguém vive uma vida perfeita. Mas algumas pessoas vivem o melhor de suas vidas. Se esse não é o seu caso, é preciso analisar não apenas as coisas que ficaram pelo caminho, mas também as razões pelas quais você as deixou. Quando parar de dar desculpas e começar a assumir a responsabilidade, será capaz de apreciar as coisas que são grandes em sua vida.

Ame-se: “sempre me trato com amor e respeito ”
Se quiser se sentir bem em relação a quem você é e a vida que vive, precisa apostar na construção de sua confiança. Ame a si mesma. Trate-se com amor e respeito, assim como faz com amigos e parentes próximos.

Fonte Ponto a Ponto Idéias