quinta-feira, 30 de março de 2017

DIÁRIO DE UM DESORGANIZADO


Papéis, ideias, estudos, tarefas, datas, enfim, tudo se transforma em uma grande bagunça. Geralmente consigo me virar para cumprir as prioridades, mas isso está longe do ideal. Tenho deixado de fazer muita coisa que gosto, que importa, porque não sei me organizar. Entretanto, as coisas estão mudando… Aos poucos, devagarinho, mas estão… Queria compartilhar algumas coisas importantes. Surgiu a necessidade de me organizar…

1. Ter um “livro dos compromissos com você mesmo“:
Dificilmente nos comprometemos a colocar nossas ideias em prática (por isso, “compromissos com você mesmo''). Anotar todas as suas vontades e objetivos ajuda muito! Definir “até quando'' você pretende cumprir suas metas também pode ser útil. A partir daí, é só consultar sempre o livro; assim, os objetivos passam a tomar forma, você começa a mudar seu cotidiano para fazer o abstrato virar realidade. Desde que comecei a usar essa ferramenta, cumpri boa parte do que escrevi.

2. Fazer to-do lists:
Anotar tudo o que você pretende fazer também funciona. Quanto mais específico, melhor, como: fazer simulado do ITA; assistir a 2 filmes do Tarantino; pesquisar mais sobre bolsas em universidades estadunidenses. Recomendo fazer diariamente. Alguns preferem fazer de manhã, outros na noite anterior… Enfim, veja o que se mostra mais eficiente para você!

3. Aproveitar a tecnologia:
O Google tem um calendário em que você pode colocar todos seus eventos, compartilhar atividades em grupo e ativar lembretes de todo tipo; o Windows 7 permite criar notas autoadesivas que você pode checar a todo momento na Área de Trabalho; para quem tem smartphones, não existem desculpas: são vários os aplicativos (Evernote, Tasks Free, Clear, iStudiez …) para acessar  tarefas e agendas de forma muito dinâmica. Enfim, não faltam ferramentas para mantermos foco e organização.

4. Perguntar para pessoas organizadas quais as estratégias que elas usam:
As 3 recomendações acima vieram de pessoas com quem conversei. Falei da minha dificuldade de me organizar e elas deram umas dicas muito boas. Sempre tem gente com ideias legais para compartilhar!
Essa necessidade de me organizar surgiu depois de perceber que queria fazer muita coisa e que, para conseguir fazer tudo, precisava mudar minha atitude e superar esse tabu da falta de organização. Tem sido desafiador, mas bem gratificante.

Lembrei de Drummond: “Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo''. Talvez duas mãos sejam suficientes… O que falta é uma agenda e um smartphone.

Por  Gusavo Torres – Blog do Gustavo
Fonte UOL Educação