quarta-feira, 14 de junho de 2017

10 MANEIRAS PARA RELAXAR E ESQUECER DOS PROBLEMAS


Relaxar pode e deve ser uma atitude consciente, aprendida, exercitada e melhorada. Não precisamos depender de relaxantes musculares, paisagens calmantes, ofurôs, massagens ou drinks para nos livrarmos do estresse. Por isso, vale a pena entender como encaixar a prática do relaxamento no nosso cotidiano.
Do momento em que você acorda até a hora que volta para a cama é preciso tomar decisões o tempo todo. Salvo as escolhas simples, como qual roupa vestir ou o que fazer para o jantar, muitas decisões exigem certo nível de reflexão, já que as consequências delas terão impacto na sua vida e até na vida das pessoas com as quais você convive. No entanto, segundo os especialistas, quanto mais nos concentramos em um determinado problema, mais complicado é resolvê-lo.
Quando não paramos de pensar em uma questão, a tendência é perdemos a objetividade e o discernimento mental que são necessários para solucioná-la. Quem não se desliga dos problemas não vive bem, porque desenvolve sintomas de estresse, como insônia, taquicardia e ansiedade. Sem contar que, quando nos preocupamos, produzimos menos.
Quando você não está tenso, o corpo funciona melhor, a mente trabalha mais integrada com o ambiente e as emoções fluem com mais leveza e profundidade. Aprenda a reservar um tempo apenas para se despreocupar. Nós podemos aprender como desfazer as tensões diariamente, da mesma forma como limpamos as sujeiras do corpo todos os dias ao tomar banho e escovar os dentes.

1. Aprenda a meditar
Tudo o que você precisa para meditar é um lugar confortável para se sentar, relaxar e deixar sua mente limpa. Feche os olhos e foque na respiração e na contração e relaxamento dos músculos. Se um pensamento invadir sua mente, não dê muita atenção a ele. Tente fazer isso por pelo menos cinco minutos na primeira vez, e vá aumentando o tempo ao longo das sessões.

2. Pratique atividade física
Praticar exercícios é uma das melhores formas de acabar com o estresse. Escolha uma atividade que goste e defina horários para praticá-la. Você irá esquecer dos problemas e focar na correta execução dos movimentos, limpando a mente e relaxando os músculos e tensões.

3. Durma bem
Ter uma rotina saudável de sono, ou seja, dormir as horas suficientes para o seu corpo se sentir renovado, ajuda a disciplinar a mente. O sono é reparador e faz com que a gente acorde bem disposto. Então, fica mais fácil encontrar uma nova perspectiva para uma situação que, antes, parecia sem saída.

4. Tenha um hobby ou passeie durante a semana
Pode ser qualquer coisa que goste, seja ouvir música e cantar junto até fazer cursos de culinária, violão ou mecânica, por exemplo. Se você gosta de teatro ou cinema, vá durante a semana para relaxar e quebrar a rotina de trabalho e preocupações. Também vale um jantar com os amigos, o namorado ou a esposa.

5. Aceite os contratempos
Problemas e dificuldades sempre vão existir e você terá de encontrar a melhor maneira de resolvê-los, sem sofrer tanto. E quanto antes você admitir isso, melhor. Penar para digerir um problema que já se estabeleceu só aumenta a ansiedade e o nível de tensão no corpo e, como consequência, diminui o bem-estar, a capacidade de gerenciar crises e a clareza mental.

6. Cuide-se
Separar um tempo para cuidar de si mesmo é muito importante pois trabalha a autoestima e autoconfiança; e com isso você enfrenta as adversidades de forma bem mais positiva. Você pode usar esse momento para fazer uma automassagem, fazer alongamento, cuidar da beleza ou até mesmo organizar suas coisas, quem não gosta de estar em um lugar arrumado?

7. Mude a forma de enfrentar as coisas
O ângulo pelo qual você enxerga uma situação é capaz de aumentar ou diminuir um problema. Se olhar só o lado negativo, ficará difícil avaliar se o aborrecimento é realmente grave. Uma maneira de descobrir se está dando importância demais a um problema é pensar a longo prazo. Quando algo acontecer, reflita: isso terá impacto na minha vida daqui a duas semanas ou em um prazo ainda maior? Se a resposta for positiva, o problema merece atenção. Caso contrário, não vale a pena colocar tanta energia nele.

8. Respire fundo
Respire fundo várias vezes ao dia. Você pode marcar um conjunto de 10 respirações profundas a cada vez.
Prolongar a respiração tem efeito imediato e intenso no relaxamento muscular. Se temos muita pressão sobre nós, acabamos ficando com a respiração mais curta e isso como consequência se reflex em contração muscular. A respiração profunda relaxa os músculos naturalmente além de diminuir os giros mentais e acalmar a frequência cardíaca.

9. Tenha objetivos pessoais
Sempre tenha objetivos pessoais e metas que lhe trarão satisfação. Saber separar carreira e pressão do trabalho da sua vida pessoal é o único modo de proteger sua saúde mental. Ao sair do trabalho, procure esvaziar sua mente e focar em outros assuntos e planos. Sua vida pessoal deve ser preservada e blindada dos problemas da sua empresa.

10. Cultive os relacionamentos
Valorize as relações. Seja comprometido com as amizades e sua família, demonstre e acolha o carinho, fique sensível às trocas afetivas e sempre esteja aberto a aprender novos caminhos e a propor o mesmo às pessoas queridas. Estar perto de pessoas queridas é uma das coisas mais relaxantes que pode existir.
Esses encontros e bate-papos devem ser presenciáveis, deve ter abraços, beijos, contato humano! Numa sociedade cada vez mais tecnológica e virtual, mensagem de texto, vídeo e redes sociais são ótimos para mantermos contato, mas nada substitui uma reunião “ao vivo”.

Fonte Central de Pilates