sábado, 18 de março de 2017

NUTRICOSMÉTICOS: CONHEÇA AS FAMOSAS CÁPSULAS DE BELEZA

A ciência já criou cápsulas de beleza que proporcionam uma pele mais jovem, cabelo brilhante, unhas fortes e corpo magro. Veja então como esses nutricosméticos agem e obtenha benefícios

Os nutricosméticos proporcionam uma beleza de dentro para fora

Seguir uma alimentação equilibrada é o método mais recomendado pelos médicos para quem deseja evitar doenças e prevenir o envelhecimento. Isso porque as vitaminas e os minerais contidos nos alimentos ajudam a combater os radicais livres, moléculas que degeneram as células sadias do nosso organismo. No entanto, a maioria das pessoas não consome a quantidade necessária de nutrientes capaz de oferecer proteção total.
Sabendo disso, a indústria da beleza investiu na criação de pílulas nutricosméticas, ou seja, doses de vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos e proteínas que visam repor possíveis deficiências causadoras de rugas, unhas fracas, queda de cabelo, flacidez, entre outros problemas estéticos.
"O objetivo é nutrir o organismo para garantir a saúde do corpo e a boa aparência. O conceito é a beleza de dentro para fora", diz Mauricio Pupo, professor de cosmetologia, diretor da Ipupo Consult (SP), consultoria especializada no desenvolvimento de nutricosméticos para o mercado brasileiro. Interessada? Antes de engolir a novidade, conheça os pontos que merecem atenção.

Nutricosméticos não substituem cremes, tratamentos estéticos, dieta...
As cápsulas são um complemento da rotina de beleza. "A pílula antigordura, por exemplo, ajuda a acelerar o me­ta­bolismo e, assim, diminui medidas. Mas, para reduzir pra valer o peso na balança, é necessário associá-la a dieta e ginástica", explica Luciana Guanaes, dermatologista da AmaDerm Medicina Avançada (RJ).

Indicação médica é fundamental
Consideradas suplementos nutricionais pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, as pílulas podem beneficiar mulheres a partir dos 18 anos e as farmácias não exigem receita para a compra. Apesar disso, você deve procurar um dermatologista ou um nutricionista para ser corretamente orientada.
"Por exemplo: quando a queda de cabelo está relacionada a outros fatores, que não a deficiência nutricional, as cápsulas não têm nenhum efeito", afirma João Carlos Pereira, dermatologista (SP). Pior ainda: as fórmulas levam ao efeito contrário se usadas em excesso. "Em vez de ficar mais bonita, a pessoa pode ter erupções cutâneas ou engordar", alerta o dr. João Carlos.

As contraindicações são poucas, mas existem
Gestantes e lactantes não devem consumir nada sem antes ouvir o médico. Se você for alérgica a algum dos componentes da fórmula fuja da pílula. "É importante também consultar um especialista em caso de doenças renais crônicas, hipertensão ou diabetes.
Faça ainda os exames necessários para saber quais são as deficiências nutricionais que estão comprometendo a sua beleza", alerta Luciana. Para a nutróloga Paula Cabral, da Clínica Hagla (RJ), essa análise afasta o risco de sobrecarregar o organismo com o uso inadequado de alguma substância, que pode acabar piorando o que era para melhorar.

Resultados surgem a partir de dois meses
Assim como os cremes, as pílulas mostram seus efeitos depois de 60 dias de uso. Mas bem antes disso, na terceira semana, há quem sinta melhora.
Lembre-se: os nutricosméticos não fazem milagre, eles são uma ajuda extra. Portanto, não dispense uma alimentação correta, a prática de exercícios e o uso regular de cremes.

Tratamento ideal
"Deve-se ingerir as cápsulas por três meses, período que o corpo precisa para assimilar os nutrientes", explica Adriana Vilarinho, dermatologista (SP). A exceção fica para as pílulas que protegem contra os raios solares e prolongam a cor - devem ser consumidas um mês antes e um mês após a exposição ao sol. Ao final do tratamento, interrompa o uso do produto e retome-o a cada três meses para manutenção.

Tomar pílulas diferentes ao mesmo tempo... pode!
Utilizar um nutricosmético para cuidar da pele e outro para o cabelo, por exemplo, não é proibido. Mas sempre tenha a indicação do médico.

Nas prateleiras
Existe uma pílula para cada problema, tornando o nutricosmético um grande aliado da beleza. Embora os preços dos produtos ainda sejam salgados, eles tendem a ficar mais em conta com a popularização do tratamento. Veja o que há de novo...

Reduzir rugas, manchas e flacidez
As cápsulas para esse fim possuem antioxidantes e firmadores, como colágeno, zinco, vitaminas C e E, extrato de soja e licopeno. Eles potencializam a renovação celular e aumentam o colágeno, proteína que dá resistência à pele, tornando-a firme e elástica.
Por Kátia Neves

Fonte MdeMulher