segunda-feira, 17 de julho de 2017

DICAS PARA FAZER A MALA PARA UMA VIAGEM DE TRABALHO


Nada de jeans tanto para homens como mulheres, mesmo que nas áreas mais informais, dizem especialistas

Viajar a trabalho, de forma planejada ou de última hora, é um compromisso comum de quem atua no universo corporativo. Porém, sempre surge a dúvida: o que levar na mala? Marcele Goes, consultora de imagem pessoal e corporativa da Estilo Sob Medida e membro da Associação Internacional de Consultoria de Imagem (AICI), adianta que é de suma importância que os looks sejam práticos e não façam muito volume, principalmente se a viagem for de curta duração. Itens que não amarrotem muito e não precisem ser passados por uma profissional nos hotéis também são bem-vindos. Confira abaixo mais dicas para serem colocadas em prática já na próxima viagem a trabalho:

Para os homens:
— Para aqueles que precisam usar um traje mais formal, a dica é levar somente um costume (um terno ou uma calça social e blazer) e um par de sapato social, variando as camisas e gravatas.
— Pensando em diversificar a cor da camisa, costumes cinza ou marinho podem ser mais versáteis do que o próprio preto.
— Vale separar uma gravata mais imponente (puxando para o vermelho), além de outra em tons de azul ou com mistura de cores (azul com vermelho, sobretons de vinho ou vermelho, cinza com vermelho ou azul).
— Para os profissionais que trabalham em ambientes mais descontraídos, como nas áreas de moda, fotografia, música, marketing etc, um jeans ou uma calça de sarja escura pode substitui a calça social. O importante é que o jeans seja sempre mais sóbrio: escuro e sem muitas interferências de lavagem, com desgastados, puídos etc.
— Quanto às camisas, sendo mais casual, pode-se ousar mais em cores e padronagens. Porém, como ainda é trabalho, é indicado escolher os motivos menores e não muito chamativos. Como o tempo esfriou, o profissional pode optar por um blazer avulso (que não faz conjunto com a calça) em diferentes tecidos, como lã italiana, veludo cotelê, veludo liso, sarja de algodão peletizada.
— Mesmo no traje mais informal, o sapato deve ser sempre social, mas pode-se explorar diversos tons de marrom, saindo do tradicional preto.

Para as mulheres:
— A sugestão é escolher saia ou calça conjugadas a um sapato (calça preta com scarpin preto, saia lápis cinza com sapato preto, calça marinho com sapato marinho ou neutro).
— Variar nas partes de cima e usar acessórios mais visíveis como colares, anéis, brincos e lenços são boas saídas para diversificar o look.
— A bolsa, que faz volume para ser transportada, também deve ser única, podendo combinar com o sapato ou em uma cor neutra.
— Uma calça social com tecido de algodão, com elastano e um corte mais ajustado, traz a alfaiataria para uma roupagem mais atualizada e, dependendo da parte de cima combinado, pode ser usada tanto de uma maneira mais casual como mais formal. A segunda opção, já mais informal, seria uma calça de sarja comum (corte de jeans, tingida de uma cor), que é bem casual, mas ainda mais elegante que o jeans. Marcele, no entanto, não recomenda para as mulheres o jeans como única parte de baixo a ser colocada na mala.

Fonte O Globo Online